Antes de mais, o mercado Forex é uma mesa de negociação do mercado com todas as operações a serem executadas "no balcão", e compreende um grande número de participantes. Os maiores jogadores do mercado de câmbio são os maiores bancos globais. Assim, o preço de cada instrumento em particular é determinado livremente, ao contrário do preço dos produtos em bolsa.


Isso significa que o Forex funciona como lojas de câmbio, com cada loja a apresentar taxas um pouco diferentes, mesmo quando estas lojas são muito próximas umas das outras.


No Forex, cada participante do mercado escolhe o preço a que está disposto a comprar ou a vender um ativo, e cada banco tem uma liquidez formada fora do pedido de compra e venda. Digamos, um banco está disposto a comprar 100.000 unidades de EUR/USD a 1.1010, 500.000 unidades a 1.1015, etc. Esta informação de liquidez é transferida para as nossas plataformas de negociação, e é apresentada ao melhor preço disponível, ou seja, 1.1010.

Ainda, alguns outros prestadores de liquidez podem oferecer melhores preços, tais como 1.1011 ou 1.1008. Mesmo sob condições normais de mercado, essa diferença pode variar até 10 pips, enquanto há aumento da volatilidade, como quando uma notícia é lançada, ou de baixa liquidez, como muito antes do fim do dia de negociação, a mesma pode muito bem ser muito superior.


Com tantos participantes no mercado, cada um com as suas próprias condições e preços, não nos é possível determinar quanto é que esta diferença poderia ser, nem mesmo em teoria.